terça-feira, 21 de junho de 2011

A REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E O SURGIMENTO DAS CIÊNCIAS SOCIAIS





(AUGUSTO COMTE, O CRIADOR DA SOCIOLOGIA)
O SURGIMENTO DA SOCIOLOGIA

Podemos entender a Sociologia como uma das manifestações do pensamento moderno.
O seu surgimento ocorre num contexto histórico específico, que coincide com os derradeiros momentos da desagregação da sociedade feudal e da consolidação da civilização capitalista. O século XVIII constitui um marco importante para a história do pensamento ocidental e para o surgimento da Sociologia.
A dupla revolução que este século testemunha. – A industrial e a francesa – constituía os dois lados de um mesmo processo, qual seja a instalação definitiva da sociedade capitalista.
Na Revolução industrial significou algo mais do que a introdução da máquina a vapor e dos sucessivos aperfeiçoamentos dos métodos produtivos. Ela representou o triunfo da indústria capitalista, convertendo grandes massas humanas em simples trabalhadores despossuídos.
A cada avanço com relação á consolidação da sociedade capitalista representava a desintegração, o solapamento de costumes e instituições até então existentes e a introdução de novas formas de organizar a vida social.
A utilização da máquina na produção não apenas destruiu o artesão independente. Este foi também submetido a uma severa disciplina, a novas formas de conduta e de relações de trabalho, completamente diferentes das vividas anteriormente por ele.
A formação de uma sociedade que se industrializava e urbanizava em ritmo crescente implicava a reordenação da sociedade rural, a destruição da servidão, o desmantelamento da família patriarcal, etc.
A transformação da atividade artesanal em manufatureira e, por último, em atividade fabril, desencadeou uma maciça emigração do campo para a cidade, assim como engajou mulheres e crianças em jornadas de trabalho de pelo menos doze horas. A desaparição dos pequenos proprietários rurais, dos artesões independentes, a imposição de prolongadas horas de trabalho, teve um efeito traumático sobre milhões de seres humanos ao modifi car radicalmente suas formas habituais de vida. As desaparições dos pequenos proprietários rurais, dos artesãos independentes, a imposição de prolongadas horas de trabalho, tiveram um efeito traumático sobre milhões de seres humanos ao modifi carradicalmente suas formas habituais de vida.
Estas transformações, incluindo as cidades, passavam por um vertiginoso crescimento demográfi co, sem possuir, no entanto, uma estrutura de moradias, de serviços sanitários, de saúde.
As conseqüências da rápida industrialização e urbanização levadas a cabo pelo sistema capitalista foram tão visíveis quanto trágicas: aumento da prostituição, do suicídio, de surtos de epidemia de tifo e cólera.
Um dos fatos de maior importância relacionados com a revolução industrial é sem dúvida o aparecimento do proletariado e o papel histórico que ele desempenharia. Os efeitos catastróficos que esta revolução acarretava para a classe trabalhadora levaramna a negar suas condições e vida. As manifestações atravessam várias fases:destruição as máquinas, atos de sabotagem, roubos e crimes, evoluindo para a criação de associações livres, etc.
A conseqüência desta crescente organização foi a de que os “pobres” deixaram de se confrontar com os “ricos”; mas uma classe específi ca, a classe operária, começava a organizar-se.
Qual a importância desses acontecimentos para a sociologia?
O que merece ser salientado é que a profundidade das transformações em curso colocava a sociedade num plano de análise, ou seja, Visto que na nascente sociedade industrial produziria fenômenos inteiramente novos que mereciam serem analisados.
A sociologia constitui em certa medida uma resposta intelectual ás novas situações colocadas pela revolução industrial. É a formação de uma estrutura social muito específica – a sociedade capitalista – que impulsiona uma reflexão sobre a sociedade.
O pensamento paulatinamente vai renunciando a uma visão sobrenatural para explicar os fatos e substituindo-a por uma indagação racional. A aplicação da observação e da experimentação, ou seja, do método científi co para a explicação da natureza, conhecia uma fase grandes avanços.
O emprego sistemático da observação e da experimentação como fonte para a exploração dos fenômenos da natureza estava possibilitando uma grande acumulação de tatos. Possibilitando controlar e dominar.
Outro fator para o surgimento da sociologia foi dada pelas modifi cações que vinham ocorrendo nas formas de pensamento. Assim como abriu um espaço para a constituição de um saber sobre os fenômenos históricos sociais.
Nesse caso, o “homem comum” também deixava, cada vez mais, de encarar as instituições sociais, as normas, como fenômenos sagrados e passando a percebê-las como produtos da atividade humana.
Nesse período segue-se a tomada do poder pela burguesia, 1789, a tarefa que esses pensadores se propõem é a de racionalizar a nova ordem, encontrando soluções para o estado de “desorganização” então existente. Mas para restabelecer a “ordem e a paz”, pois é a esta missão que esses pensadores se entregam, para encontrar um estado de equilíbrio na nova sociedade, seria necessário, segundo eles, conhecer as leis que regem os fatos sociais, instituindo, portanto uma ciência da sociedade.
A verdade é que a burguesia, uma vez instalada no poder, se assusta com a própria revolução (por exemplo, os jacobinos).Seria necessário controlar e neutralizar novos levantes revolucionários. Assim, o projeto revolucionário da burguesia, deveria de agora em diante ser “superada”por uma outra que conduzisse não mais à revolução, mas à “organização”, ao “aperfeiçoamento” da sociedade.
Determinados pensados da época estavam imbuídos da crença de que para introduzir uma “higiene” na sociedade, para “reorganizá-la”, seria necessário fundar uma nova ciência. Enquanto resposta intelectual à “crise social” de seu tempo, os primeiros sociólogos irão revalorizar determinadas instituições que segundo eles desempenham papéis fundamentais na integração e na coesão da vida social.
ATIVIDADES
QUESTÃO 01
01. “A Sociologia é a ciência é dos problemas sociais que emergem com a chegada do século XVIII. Que tem um marco econômico e outro político e social”.
TELES, Mª Luiza. Sociologia para Jovens. Petropólis – RJ, Ed. Vozes: 2002.
Sobre os aspectos que determinam o surgimento da sociologia é correto afirma que:
a) O renascimento Comercial e Urbano, assim com, a ascenção das monarquias absolutistas determinou o surgimento das ciências sociais.
b) Com a revolução Francesa e a Revolução Industrial a Europa passa por grandes transformações sociais, políticas e econômicas que determinam o surgimento da Sociologia.
c) É a partir da desagregação feudal e da consequênte consolidação do trabalho servil que a sociologia passa a ter seus fundamentos estabelecidos.
d) A partir da consolidação do modo de produção feudal a Sociologia passa a ser todos os fundamentos necessários para se organizar sistematicamente como ciência.
e) É somente com a revolução Francesa que a sociedade européia passa a ter a consolidação do poder nobiliárquico e o surgimento da sociologia.
QUESTÃO 02
02. Nos séc. XV e XVI o conhecimento racional do universo e da dos homens em sociedade começa a ser uma regra seguida; é uma mudança lenta, sempre enfrentando embates contra o dogmatismo e a autoridade da igreja, criando uma nova atitude diante das possibilidades de explicar a sociedade humana”. Essas formas de conhecer a sociedade eram fundamentadas:
a) O homem não deveria questionar sobre a sua realidade social, suas mazelas, visto que era a natureza das coisas, somente.
b) A irracionalidade e a busca do pensamento religioso explicaria a realidade.
c) A desigualdade social seria apenas fruto da vontade divina.
d) a experimentação e a observação, como fundamentos para compreender as leis da natureza e da sociedade.
e) O universo teria que se visto apenas de um ponto de vista, apoiado na racionalidade.
QUESTÃO 03
03. Selecione as afirmativas que Indicam o contexto histórico, social e filosófico que possibilitou a gênese da sociologia.
I. A sociologia é um produto das revoluções francesa e industrial e foi uma resposta as novas situações colocadas por estas revoluções.
II. O pensamento filosófico dos séculos XVII e XVIII contribuiu para popularizar os avanços científicos, sendo a teologia a forma norteadora desse pensamento.
III. A formação de uma sociedade, que se industrializava e urbanizava em ritmo crescente, propiciou o fortalecimento da servidão e da família patriarcal.
Assinale a alternativa correta.
a) apenas I, II
b) todas I, II e III
c) apenas II e III
d) apenas I
QUESTÃO 04
04. Sobre o surgimento da Sociologia, podemos firmar que:
I. A consolidação do sistema capitalista na Europa no século XIX forneceu os elementos que serviram de base para o surgimento da sociologia como ciência particular.
II. O homem passou ser a visto, do ponto de vista sociológico, a partir de sua inserção na sociedade e nos grupos sociais que a constituem.
III. Aquilo que a sociologia estuda constitui-se historicamente como o conjunto de relacionamentos que os homens estabelecem entre si na vida em sociedade.
IV. Interessa para a sociologia não os indivíduos isolados, mas inter-relacionados com os diferentes grupos sociais dos quais fazem parte, como a escola, a família, as classes sociais etc.
a) II e III estão corretas.
b) Todas as afirmativas estão corretas.
c) I e IV estão corretas.
d) I, III e IV estão corretas.
e) II, III e IV estão corretas.
QUESTÃO 05
05. Assinale a alternativa correta. O surgimento da sociologia foi propiciado pela necessidade de:
a) Manter a interpretação mágica da realidade, como patrimônio de um restrito círculo sacerdotal.
b) Manter uma estrutura de pensamento mítica para a aplicação do mundo.
c) Condicionar o indivíduo, através dos rituais, a agir e pensar conforme os ensinamentos transmitidos pelos deuses.
d) Considerar os fenômenos sociais como propriedade exclusiva de força transcendentais.
e) Observar, medir e comprovar as regras que tornassem possível, através da razão, prever e controlar os fenômenos sociais.

RESPOSTAS
01. B
02. D
03. D
04. B
05. E

fonte: www.portalimpacto.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário